Criado em 2017, projeto sustentável zela pelos mais elevados padrões nos processos diários do setor

 

Não basta apenas ter cabelos bonitos: é bom saber que, quando tratados, eles também não agredirão a natureza e isso tem a ver até com o descarte do frasco do shampoo, afinal, apenas 3% do resíduo com potencial de reciclagem no Brasil é, de acordo com a IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, de fato, reaproveitado – isto é consumo sustentável e, mais ainda, conscientização ambiental. Mas o que a coleta seletiva, engenharia reversa e logística reversa, produtos de higiene e a beleza dos seus cabelos têm em comum?

O Selo Beleza Verde tem como objetivo disseminar a consciência ambiental, incentivar ações sustentáveis nos salões de beleza e instituir o zelo na rotina de descarte responsável. “Além do frasco, o resíduo também leva perigo ao meio ambiente”, lembra Márcio Mattana, diretor da Dinâmica Ambiental, empresa criadora do programa de engenharia e logística reversa.

Os salões passam por um processo de auditoria regular para controle e para permanecer consciente dos parâmetros corretos sustentáveis, que são divididos em três níveis.

A Dinâmica Ambiental, mantenedora do projeto Beleza Verde, treina os colaboradores quanto aos princípios verdes vigentes do Selo, além de coletar os resíduos dos salões. “Colaboradores mais conscientes são cidadãos mais engajados e isto também é uma forma de contribuir para o Meio Ambiente”, ressalta.

Fiscalização

Vale lembrar, que a partir de abril deste ano, o governo do Estado de São Paulo, por meio da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de SP), passa a fiscalizar os empreendimentos que não se enquadrarem ao Procedimento para a incorporação da Logística Reversa no âmbito do licenciamento ambiental, que diz que as empresas deverão se adequar para a emissão ou renovação das licenças de operação, criar um projeto de logística reversa ou participar de um coletivo já vigente, registrado e validado pelo órgão.

Sobre a Dinâmica Ambiental

A Dinâmica Ambiental é uma empresa do Grupo Fragmaq, que está presente no mercado desde 1974, por profissionais experientes na área de gerenciamento de resíduos, com foco em engenharia e logística reversa de todos os tipos de aerossóis e produtos inservíveis, sendo a única empresa brasileira com as certificações ISO 9.001 – Gestão da Qualidade; ISO 14.001 – Gestão Ambiental e OHSAS 18.001 – Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional e licença específica para aerossóis.