A revolucionária marca de cosméticos não para de inovar e cresce cada vez mais

O modelo de negócio que já é sucesso absoluto nos Estados Unidos conquista um novo e poderoso adepto no mercado da beleza. A Sweet Hair Professional, que possui em sua ideologia a inovação, buscando estar sempre à frente da concorrência, mudou sua estratégia de vendas e posicionamento da marca no mercado, a partir deste ano, passa a atuar com o Marketing Multinível (MMN). “Nós entendemos que o mercado precisa ser reinventado o tempo, essa é a nossa ideologia e é inegável o crescimento desse tipo de negócio no mundo todo”, diz Kazaks, CEO e sócio fundador da marca.

A empresa, que se posiciona entre as maiores do segmento de beleza, tendo registrado em 2016 um crescimento de 300% e um faturamento de 30 milhões de reais, promete crescimento ainda maior, com o objetivo de chegarem a mais de 70 países e 25 feiras do setor, dobrando seu faturamento para 70 milhões ainda este ano. O novo plano de negócios vem para estreitar o relacionamento e atender ainda melhor os seus clientes e distribuidores, com a contratação de vendedores independentes. “O cabeleireiro poderá comprar o produto direto da marca com 60% de desconto, mais barato do que comprava do distribuidor. Como representante, ele ganha uma lucratividade e ainda conecta a marca no salão, ou seja, ganha uma renda e ainda ajuda a promover a venda dos produtos”, relata Kazaks.

Para formatar a nova estratégia de vendas, a Sweet trouxe como sócios do Marketing Multinível Maurício Manduca e sua esposa, a hair stylist Mônica Aguirre. Especializado no plano de vendas em rede, que conheceu há dez anos em Las Vegas, Maurício agrega à empresa, além do seu know how um sistema operacional e uma cadeia de consultores que entendem do modelo multinível. “O Marketing Multinível é responsável por 34% PIB americano, 29% do japonês e 19% do Russo. De cada 10 famílias americanas, 8 vivem diretamente de MMN e no Brasil, as grandes empresas de beleza estão começando a seguir esse modelo de vendas que é o caminho para o sucesso”, diz Manduca.

Segundo o SEBRAE, sete mil salões de beleza são abertos todo mês no Brasil e a estimativa é de que hoje haja um milhão no país. “Pensando que o consumo médio para um salão existir é de R$ 4 a 12 mil e que 98,7% desse mercado não era visitado por ninguém, temos mercado e negócio para trabalhar, já que atuamos com produtos de uso diário, que acabam rápido e para grande massa, ou seja, estamos falando de um algo muito promissor”, explica Maurício.

Mas, ele ainda ressalta que a geração de empregos é a parte mais humana no negócio. “Esse sistema de vendas é benéfico para todos: diminui o risco tributário e de questões trabalhistas do empresário e nos dá a possibilidade de mudar a vida das pessoas de verdade com a oferta de trabalho”, diz. “Com 20 milhões de desempregados no país, temos o orgulho de dizer que há apenas dois meses, a Sweet já tem mais de 5 mil pessoas fazendo parte do nosso negócio, entre consultores e profissionais. Se a empresa cresceu 300% de 2016 para 2017 com apenas 250 distribuidores, agora são mais de 400 pessoas representando a marca na venda de produtos, ou seja, estamos no caminho certo”, completa o novo sócio.

Infraestrutura e capacitação

Os promotores de beleza multinível não precisam ter experiência na área, pois recebem treinamento da empresa, podendo trabalhar com flexibilidade de horário, qualidade de vida, plano de carreira e garantindo uma renda extra com promoções e indicações de outros vendedores, sem a necessidade de se fazer estoque de produtos.

Para dar suporte a esse novo modelo de MMN estão sendo criados mais de 70 centros de distribuição (QGs) por todo o país que, além de serem estratégicos pontos de vendas, oferecem suporte, com atendimentos técnico e financeiro aos promotores, ajudando a expandir ainda mais os produtos da marca com garantia de qualidade e organização. “Entendemos o modelo de negócios e dificuldades vividos pelo distribuidor e compreendemos as soluções para gerar benefícios dentro de um novo processo de sucesso.”, afirma Paulo Kazaks, CEO da empresa.

Sobre a Sweet Hair

Criada há seis anos para revolucionar o mercado da beleza, oferecendo o que outras marcas não têm e trabalhando com o conceito de mastígio, que é a massificação do prestígio, ou seja, “o luxo pra todos”, a Sweet Hair Professional conquistou o mercado mundial e hoje está presente em mais de 40 mil salões do Brasil e em diversos países do mundo, como África do Sul, Austrália, Dubai, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Líbano e Portugal.

Para isso, a Sweet Hair produz cosméticos através de um estudo profundo dos costumes e hábitos dos consumidores e dos profissionais da beleza, aliando inovação e tecnologias modernas à fragrâncias e ingredientes específicos. “Nosso intuito é levar ao público uma proposta diferenciada, promovendo uma experiência sensorial única para os clientes que utilizam nosso produto, por meio da constante inovação da marca”, explica Paulo.

Hoje, o portfólio da marca conta com seis linhas e mais de 150 produtos para tratamento, nutrição, reconstrução, coloração, manutenção, finalização e alisamento dos cabelos, como o The First, o primeiro shampoo alisante do mundo, lançado em 2016 e que teve um sucesso extraordinário de vendas.

Sobre o Grupo Sweet Hair

Em janeiro deste ano a Sweet Hair inaugurou sua primeira fábrica na capital paulista, seguindo todo o conceito revolucionário da marca. “A fabricação dos produtos é realizada ao som de música clássica e a armazenagem feita em uma sala com cromoterapia. A ideia é criarmos uma atmosfera diferente para quem trabalha ou visita o local, uma verdadeira fábrica de sonhos”, explica Kazaks.

O Grupo Sweet Hair possui também a mais inovadora rede de franquias de salões de beleza do Brasil, o Sweet Hair Salon, que apresenta um formato diferenciado no mercado, tanto em conceito, apresentação, com um visual vintage e clima burlesco, como em atendimento, além de oferecer todo o suporte e infraestrutura necessários para a instalação e implementação do negócio.

 

 

 

 

Informações para a Imprensa

Consult Comunicação & MKT

Janaina Hassim

11 2081-3019 | 11 99587-2520 | 11 95085-2395

redacao@consultmkt.com.br

janaina@consultmkt.com.br